5 de dezembro de 2014

Éclairs de chocolate com recheio de chocolate... Para a pior TPM de sempre!

Little darling, I feel that ice is slowly melting.
Little darling, it seems like years since it's been clear.
Here comes the sun,
Here comes the sun and I say, It's all right.

The Beatles


Desde que casei que deixei de tomar a pílula.

Não, não fiquem já alvoroçados, não pretendemos engravidar já. Mas depois de dez anos a tomar um comprimido todos os dias, achei que nada me impedia de ter finalmente alguma liberdade.

Afinal, eu nem sabia bem porque tomava a pílula - não é como se sofresse muito com a dismenorreia antes, certo?

Oh, estava tão errada.


O lado positivo foi ter descoberto que o meu ciclo é extremamente regular. O lado negativo foi ter sido catapultada para um mundo cheio de mudanças de humor, irritações várias, choraminguices pelas razões mais idiotas, desejos de lambarices, pêlos por todo o lado, mamocas doridas, cefaleias enormes e dores de barriga do demónio, sem falar das dezenas de borbulhas.

Juro-vos que me apeteceu voltar a tomar a pílula e só parar quando chegasse aos oitenta anos.


De todas as tragédias supracitadas, confesso que a que mais me aborreceu foi mesmo a vontade tresloucada de comer doces. Eu já admiti aqui que sou uma pessoa gulosa, mas sempre consegui controlar esse meu lado de uma forma relativamente fácil porque também gosto de me alimentar de forma saudável. Ora com toda esta telenovela mexicana a acontecer com as minhas hormonas tornou-se muito mais desafiante controlar-me, e dei por mim a ter vontade de comer docinhos todos os dias.

Não o fiz. Mas não foi nada fácil.


Depois de uma semana tensa e cansativa, o fim-de-semana chegou finalmente. Os meus pais vinham a Lisboa com o meu mano, e o jantar temático francês que lhes preparei pareceu-me a ocasião perfeita para fazer a vontade ao meu lado guloso sem grandes desgraças para a linha - não fosse a pastelaria francesa deliciosa, mas pouco doce.


E foi assim que surgiram estes éclairs. Visualmente não ficaram tão perfeitos como eu pretendia (sou uma perfeccionista, já sabem), mas a nível de sabor estavam estrondosamente maravilhosos: na opinião de quem provou, só são mesmo superados pelos éclairs da L'éclair de génie. Até o meu pai teceu longos elogios :) Foram uma surpresa extraordinária, com a sua consistência suave e o seu sabor bem forte a chocolate. E são mais simples e intuitivos do que parecem, prometo.

A sério, se eu consegui fazer isto com a maior TPM de sempre sem partir nada na minha cozinha... Acreditem que vocês também conseguem :D


Éclairs de chocolate com recheio de chocolate (receita adaptada da revista 'Saveurs especial sobremesas')

Ingredientes (para cinco éclairs):

Para a massa choux:
* 72g de água;
* 72g de leite;
* Uma pitada de sal;
* 4g de açúcar em pó;
* 50g de manteiga sem sal;
* 72g de farinha de trigo;
* 125g de ovos (dois ovos grandes);

Para o creme:
* 20g de açúcar;
* Dois ovos;
* 20g de amido de milho (farinha maizena);
* 250g de leite;
* 10g de cacau em pó;
* 55g de chocolate negro;
* 55g de natas para bater;

Para a cobertura:
* 125g de açúcar;
* 125g de natas para bater;
* 125g de chocolate negro.

Confecção:

* Para a massa choux juntar a água, o leite, o sal e o açúcar e deixar ferver;

* Acrescentar a manteiga e deixar derreter;

* Incorporar a farinha com uma espátula (forma-se uma bola de massa) e deixar cozinhar durante dois minutos;

* Juntar os ovos batidos e mexer bem até a massa ficar homogénea;

* Alisar a massa numa superfície e deixar arrefecer;

* Colocar a massa num saco de pasteleiro e formar éclairs sobre um tabuleiro coberto com papel vegetal;

*  Levar ao forno pré-aquecido a 250º, baixar imediatamente a temperatura para os 160º e deixar cozinhar durante 25 a 30 minutos;

* Deixar arrefecer;

* Para o recheio bater o açúcar com as gemas e juntar a maizena, misturando sempre;

* Aquecer o leite e verter um pouquinho na mistura, mexendo bem;

* Juntar o cacau com o leite quente restante e incorporar na mistura anterior;

* Aquecer a mistura em lume brando até engrossar, mexendo sempre;

* Derreter o chocolate juntamente com as natas em banho-maria ou no micro-ondas e juntar 100g desta mistura ao recheio, batendo energicamente;

* Cobrir com papel aderente e reservar no frio;

* Para rechear os éclairs, fazer três furos com o auxílio de um bico de pasteleiro: um em cada extremidade e outro no centro;

* Usando uma seringa própria, pressionar o recheio para dentro dos éclairs (começando pelas extremidades);

* Para a cobertura aquecer o açúcar em lume brando até que derreta e fique escurecido;

* Incorporar as natas aquecidas;

* Retirar do lume e juntar o chocolate;

* Mergulhar os éclairs individualmente na cobertura e deixar secar.





Não há fotos do interior porque já não fui a tempo disso, mas quando repetir a receita (porque isso vai totalmente acontecer) mostro novamente :D

Experimentem no fim-de-semana! :D

22 comentários:

  1. Que arzinho delicioso que ficaram, era impossível não gostarem.
    Eu tomo a pilula à 15 anos e sofro com a gulodice todos os meses antes do dia D. Não sinto dor de cabeça, nem de corpo, nem grandes oscilações de humor (um pouquito talvez, ao fim e ao cabo sou mulher) mas pareço uma desalmada por chocolate ou qualquer outra coisa que possa levar à boca e tenha açúcar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu com a pílula não sentia nada de especial, mas sem ela parece que vou morrer. Já pensei voltar a tomá-la, mas na verdade seria durante relativamente pouco tempo (um ano ou dois) por isso tenho deixado isto arrastar-se. Mas que é chato, isso é :)

      Beijinhos e bom fim-de-semana :D

      Eliminar
  2. Ficaram lindos.
    Bom fim-de-semana
    Selene

    ResponderEliminar
  3. As mulheres são extraordinárias! Mesmo com TPM fazem coisas maravilhosas! Esses éclairs estão de comer e chorar por mais. Nunca tomei a pílula, foi uma opção. Houve anos difíceis em que as dores eram tantas que só me apetecia enfiar na cama e não queria sequer que me dirigissem a palavra! Com o tempo fui-me habituando e nada que um analgésico não resolvesse. Depois de ter o primeiro filho tudo mudou, a TPM quase que nem se faz sentir. E ao fim de 3 filhos quase que posso garantir que estou "curada" dessa maleita! Bem que sempre me disseram que depois de ter filhos isso melhoraria mas eu só acreditei depois de confirmar! Estou certa que com o tempo também te habituas a esse teu novo estado. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E hoje com TPM também (porque já fiz os eclairs há um mês) acabei a minha casinha de gengibre e só gritei com o Pedro uma vez :D

      Vou tomar isso em conta então ;)

      Beijinhos e bom fim-de-semana :D

      Eliminar
  4. Querida como eu te compreendo, sofro muitooooooooooooooooo! Desde fisiologicamente como emocionalmente, fico como tu dizes e bem, tresloucada!
    Os teus eclairs ficaram mesmo a chamar por mim, que delicia! Acho imensa piada, teres esse "ritual" dos jantares temáticos! Se morasse mais perto fazia-me de convidada para um deles LOOOOOOOL

    Beijinhos
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também fico tresloucada! Mas pode ser que com o tempo isto melhore ;)

      Beijinhos e bom Domingo :D

      Eliminar
  5. Nunca na vida que vou conseguir aventurar-me a fazer éclairs... tenho muita inveja desta tua boa vontade. Mas, amanhã vou comprar um (eu sei, é batota. Mas, em minha defesa, os daqui da minha rua são mesmo muito bons)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sofia nunca se sabe :D Também achava que nunca me ia aventurar a fazer pavlovas e olha para mim agora :D

      Beijinhos :D

      Eliminar
  6. A pilula para mim foi das melhores invenções de todos os tempos, todos os meses era uma tortura para mim... a pilula devolveu-me qualidade de vida (isto depois de um longo processo para encontrar a pilula perfeita, claro...). Nem a possibilidade de fazer eclairs deliciosos devido à TPM me convenceria a deixar de a tomar :P
    Adorei o pormenor dos homens bolacha, tornaram os eclairs muito natalícios!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adoro os homens bolacha :D Eu ando a ponderar seriamente voltar à pílula honestamente. Vamos ver :)

      Beijinhos e bom resto de Domingo :D

      Eliminar
  7. Não ouço essa música há tanto tempo! It's not it, it's me :P ouço sempre a mesma 20x por semana e depois farto-me, é um ciclo vicioso. Mas só pela letra já a consigo ouvir :) é muito gira!
    Acho que é bastante óbvio que o bonequinho do terceiro éclair é o Homer deitado num caixote do lixo mágico endireita costas, todo torcido.
    É uma coisa que ninguém considera deixar, é como se fosse básico, "natural", necessário... Sei lá. Muitas vezes uma pessoa habitua-se e perde a capacidade de perguntar "porquê?"...
    Mas que deve ser uma diferença grande deve... Provavelmente pior do que se nunca tivesses tomado não? Não posso ter a certeza ou bases de fundamentação, mas parece-me que sim :P
    "Cefaleias" é uma palavra tão gira :) não imagino o que "enormes" seja, se já médias são o maior mamífero!
    (Podes ignorar a piada idiota.)
    A sério? Eu diria que essa era das menos más :P se calhar é porque "falo de fora".
    Não pareces assim tãão gulosa porque não gostas de coisas muito doces nem de imenso chocolate. O que não tem nada a ver, mas eu associo (tem imensa lógica, eu sei). E limão não é guloseima porque faz bem, certo? :)
    Jantar temático francês - óptima ideia :) éclairs + tarte de flan chegam para um jantar bem sucedido.
    Eu não acho que a pastelaria francesa seja muito "light", não é por ter menos açúcar que considero mais equilibrada - acho que vai compensando na farinha branca e na gordura, pelo menos no que eu conheço :P são doces, acho que não são propriamente saudáveis (a não ser que haja uma "makeover") e também não é isso que procuro... Fiquei surpreendida por dizeres isso, é uma coisa que soa a motivo para eu "implicar" com a minha avó (porque ela é irritante e diz sempre que "é bom, é pouco doce" ou "não gosto de coisas muito doces" só porque acha que se não for doce "engorda menos"). Mas hás-de ter os teus motivos, sabes mais do que eu :P
    (Inclui "paleo"? Haha)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso acho que sou super gulosa, mas também sou boa a controlar-me por isso não se nota muito :) Vá eu não disse que a pastelaria francesa era light, disse que era pouco doce ;) E acho que é :) Mas compensa na manteiga :D Não é uma questão de ser mais saudável, eu gosto da comida a saber a comida (com o frango fricassé-overdose de limão) e não a açúcar ;)

      Eliminar
  8. Uau, foram mesmo um estrondo! Eu já fiz de outros sabores, não fiz os tradicionais chocolate e baunilha... Sou uma "hipster" ;) Também gostei imeenso e já fiz umas 4 vezes em fins‑de‑semana seguidos. E ficaram sempre tão bons! Acho que para os de chocolate vou usar a tua receita, não tinha guardado nenhuma ("creme de pasteleiro de chocolate" não me soa assim tãão bem, mas se tu o dizes eu ultrapasso o trauma da bola de berlim de chocolate!). Por acaso quando fiz até fiquei contente por ficarem direitinhos (especialmente depois da primeira vez, que foi um bocado pior)...
    Que precisão de receita! Eu stressava com isso... A minha balança é muito má a medir coisas direito E é analógica, não dá muito jeito para coisas como 2g a mais ou a menos. E depois isso de medir tudo em peso dá jeito e eu gosto MAS dá a ideia de que é uma coisa muito minuciosa e é "stressante" :P
    Eu tinha chamado na minha mente "mini bolachas de gengibre - massapão", mas "homens bolacha" é uma designação infinitamente mais gira! :)
    Já sei de cor o processo de creme de pasteleiro, é incrível como é seempre a mesma coisa. Mas é mesmo giro, porque a) bater ovos com açúcar é giro e fica uma mistura mesmo agradável, volumosa e cremosa, b) é fácil, c) em todas as fases do processo é agradável e as misturas lisas e brilhantes e d) é engraçado mexer e ver aquilo engrossar, incluindo a parte do pânico porque "GRUMOS D:" e a repentina metamorfose em creme espesso e cremoso.
    Gostava de ver uma foto do interior, mas se não há é bom sinal :) até conserva algum mistério, como um livro sem ilustrações, esse papão para menores de 10 :) (ou mais, às vezes duvido :P)
    ...vou só dizer mais uma vez, subtil e propositadamente, QUE parecem deliciosos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sabores fizeste? Preciso de ideias para o Natal :D A receita era menos stressante, eu é que dividi as quantidades porque originalmente dava para mais eclairs :D

      Eu fiz cinco eclairs, éramos quatro, não sobrou nenhum para a foto. Mas no Natal fotografo, está prometido :D

      Eliminar
    2. Sinceramente não fiz muitos, só chantilly com café, chantilly com baunilha, chantilly com chocolate, creme de pasteleiro de café e creme de pasteleiro de manteiga de amendoim. Multiplicando os de creme de pasteleiro de café por 3. :)
      Maas tenciono fazer de Nutella, de doce de ovos, de noz, de chocolate, de chocolate negro e de mel e canela. Também acho que deve ficar bom com sabor a leite creme. :P não tão natalício, mas também queria fazer de frutos vermelhos e de limão. E de maracujá, por causa dos teus com um maravilhoso aspecto :P
      O QUÊ, só fizeste 5 éclairs? Eu costumo fazer pelo menos 20. Haha :P por um lado, gosto de que as coisas não sobrem, por outro não é assim tão agradável dar "rés vés campo de Ourique" (isto escrito fica demais). E o meu pai até gosta de os comer ao pequeno almoço durante uma semana. :P
      (Esse quinto éclair para mim era motivo para briga familiar...)

      Eliminar
    3. Isso parecem-me bastantes até :D Vou ver se tenho alguma ideia fixe e desenvolvo um recheio interessante. Tenho um livro só de eclairs, mas é preciso um termómetro para fazer os recheios e fico sempre desmotivada :(

      Sim, só fiz cinco eclairs :D Mas eram bem grandes ;)

      Eliminar
    4. Deve ser desanimador. Eu não tenho termómetro, portanto não abuses com as receitas deliciosas que usam um! Mas é para quê? Se for o creme de pasteleiro não dá para fazer a olho? Cada receita é diferente, mas já fi vários tipos de creme de pasteleiro bons e nunca usei termómetro nem tive problemas...
      Oh, se ao menos ouvesse um cavaleiro andante que fizesse um livro de éclairs deliciosos e simples!...
      ( ;) ;) )

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />