16 de outubro de 2014

Batido de manga e banana e uma semana diferente :)

Back to the primitive,
Screw all your politics.
We got our life to live
The way we want to be.

Soulfly


Quem acompanha a página de Facebook do blog já se apercebeu que no fim de Setembro passámos uma semana a seguir a alimentação paleo.

Esta foi uma ideia que nos surgiu depois de termos encontrado por acaso alguns artigos científicos sobre as vantagens desta alimentação, nomeadamente a nível da terapêutica de manutenção contra o acne. Honestamente sempre tinha tido alguns preconceitos em relação este regime alimentar (talvez porque só conheci duas pessoas que o faziam e eram ambas extremamente maluquinhas fundamentalistas), mas depois de ler alguns estudos senti-me obrigada a dar-lhe pelo menos uma hipótese. Vai daí, decidimos conduzir o nosso próprio estudo cá em casa.


Fui partilhando algumas das experiências no Facebook (nomeadamente as minhas frustrações por não poder comer docinhos), conheci pessoas novas que partilhavam as mesmas dúvidas e ideias e aprendi imenso, e o facto é que desde então a nossa alimentação ficou efectivamente diferente - principalmente a do Pedro, que continuou a seguir o regime alimentar quando a semana terminou.


Na próxima semana vou contar-vos tudo sobre esta nossa experiência aqui no blog, com direito a explicações sobre a alimentação paleo, foto-reportagens das refeições, diários na primeira pessoa (meus e do Pedro) e receitinhas boas e saudáveis. Enquanto essa altura não chega, decidi mostrar-vos uma das alterações que fizemos cá em casa e que se mantiveram depois do fim da paleo week: trocámos o leite de vaca pelo leite de amêndoa.


Não vou filosofar aqui sobre esta nossa opção. Acredito que cada um toma as decisões que acha melhores para si, e não me parece correcto opinar sobre isso - afinal, não sou dona da verdade (aliás, nestes assuntos da nutrição ninguém parece ser). Por isso, vou só despedir-me dizendo que desde que descobri novamente o leite de amêndoa estes batidos têm sido frequentes cá em casa: ora com manga, ora com banana, ora com frutos vermelhos, ora com tudo misturado. E sabem-me tão bem que não resisti a partilhar aqui convosco, embora a receita seja extraordinariamente simples :D


Batido de manga e banana

Ingredientes (para aproximadamente meio litro de batido):

* Uma manga;
* Duas bananas;
* Uma colher de chá de sementes de linhaça;
* Leite de amêndoa q.b.

Confecção:

* Juntar a manga, a banana e as sementes de linhaça e triturar com a varinha mágica;

* Acrescentar o leite de amêndoa até obter a consistência desejada;

* Triturar novamente.


Até amanhã! :D

4 comentários:

  1. Parece delicioso! Estou curiosa para ler sobre a vossa experiência, tenho a certeza que vou ficar a perceber melhor esta coisa do paleo.

    ResponderEliminar
  2. Já tinha visto no facebook :) é uma experiência interessante! Uma semana não dá para ver muita coisa, mas pronto...
    Essa dieta, pelo que tu dizes, é mesmo a cara do Pedro :P a tua não porque muffins (isto é uma tradução da expressão inglesa tipo "BECAUSE muffins." :P)
    Eu sigo alguns blogs paleo e também fico em parte convencida, ou pelo menos quando não são pessoas que leram o primeiro parágrafo da wikipédia e apregoam no facebook que é o elixir da juventude e a cura de todos os males. De certa maneira estamos um bocado formatados para censurar o que as revistas dizem ser "dietas restritivas/malucas/..." - agora já estou mais habituada ao conceito e não acho impossível de seguir, mas lembro-me de achar exagerado, é mesmo muita noção forçada (ainda no dia da alimentação vi supostas "regras" para uma alimentação saudável que pareciam verdades absolutas, e tudo daquelas coisas que cada vez mais se questiona...). Ao mesmo tempo acho que não quero limitar a minha alimentação assim tanto e definitivamente. E ainda por cima acho um bocado cansativo, se andar a seguir aquilo que no momento é A MELHOR COISA DE SEMPRE não vou ter descanso... :P a sério, depois de ver várias teorias diferentes, cada uma com argumentos convincentes, acho o assunto um bocado deprimente e fico indecisa e frustrada. Ainda por cima alguns são quase opostos... Vegan, paleo, iifym, eating clean, IF, low carb, slow carb, raw, raw vegan, frugivorism, intuitive eating,... Cada um deles é maravilhoso e a solução para todos os males do ponto de vista de quem pratica!
    Acho que essa semana vais ser muito interessante! Vou gostar de ler :)
    Eu já deixei de beber leite completamente - nunca fui fã e não gosto. Também não bebo leite de soja. No início sentia necessidade de substituir por alguma coisa com uma cor semelhante e que se bebesse numa caneca (precisamente por causa daquela ideia implantada de "leite é importante") (chá com corante não vale), mas agora não, dispenso completamente. O leite de soja tem tanta porcaria... E os outros - vegetais sem ser de soja - também não são muito melhores e têm o bónus de custar 5€ o litro.
    Queijo batido já é outra história, mas acho que de qualquer das maneiras é bastante melhor, nutricionalmente - tem pouquíssimos ingredientes e uma boa tabela - e de sabor/textura (melhor coisa de sempre!). :)
    Mas tens direito a opinar! :) Acho que o batido em si é um bom argumento...
    Esse batido parece um bocadinho de sol! :D tão vibrante e tão cremoso... Com essas bolhinhas que me fazem lembrar leite creme a rebentar :) devia estar delicioso!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />