25 de setembro de 2014

Bolo diamante negro e mais um objectivo concretizado :)

Você é o fósforo e eu sou o pavio,
Você é um torpedo e eu sou um navio.
Você é o trem e eu sou o trilho,
Eu sou o dedo e você é o meu gatilho.

O nosso jogo é perigoso, menina.
Nós somos fogo, nós somos fogo,
Nós somos fogo e gasolina.

Roberta Sá


Há sensivelmente um ano publiquei aqui no blog uma lista das 101 coisas que queria fazer nos 1001 dias seguintes. Desde então a lista foi sofrendo algumas alterações, mas confesso que me sinto orgulhosa dos objectivos que já realizei até agora e dos que planeio realizar num futuro breve (como entrar na especialidade!).

Um desses objectivos era ter uma assinatura anual da Saveurs.


Para quem não sabe a Saveurs é uma revista de culinária francesa com a qual eu casaria e teria bebés se pudesse. Ia tendo um ataque quando encontrei a Saveurs especial de sobremesas no aeroporto de Bordéus, e dei um gritinho tão histérico que acho que os senhores da segurança pensaram que eu tinha visto alguém a implantar uma bomba :D

Desde então fiz tantas receitas desta revista dos céus (eu juro que foi Deus que inventou isto!) que a pobrezinha já estava molhada, rasgada e suja de tanto andar aos trambolhões pela minha cozinha. E comecei a pensar seriamente em comprar uma assinatura anual.


Um dia fomos jantar a casa do nosso amigo Bernardo e eu fiquei de levar uma sobremesa. Sugeri várias das receitas da revista que mal podia esperar por experimentar mas o bolo de chocolate negro foi o escolhido pelo anfitrião (rapazes, enfim!), por isso meti mãos à obra.

A meio da confecção a minha confiança esfumou-se. E se fosse um fiasco? E se o bolo ficasse duro? E se não ficasse saboroso? E se - tal como 80% das minhas receitas de bolos - o resultado defraudasse as minhas expectativas?


No fim a Saveurs provou-se novamente digna do desafio. O bolo desapareceu de tal forma que nem sequer tive tempo para o fotografar inteiro (e quase que coloquei a minha vida em risco a lutar pela fatia que sobrou para poder fotografá-la!). Ficou bem intenso, fofinho e pouco doce (tal como toda a pastelaria francesa!) e eu engoli as minhas inseguranças, assinei a revista e iniciei o meu casamento bígamo.

Agora sou casada com o Pedro e com a Saveurs. E confesso-vos que nunca estive tão feliz.


Bolo diamante negro

Ingredientes:

Para o bolo:
* 150g de chocolate negro (mínimo 70% de cacau);
* 100g de manteiga amolecida;
* Três ovos;
* 120g de açúcar branco;
* 75g de farinha;
* Uma colher de chá de fermento;

Para o recheio:
* Duas folhas de gelatina neutra;
* 400ml de leite;
* 100g de chocolate negro (mínimo 70% de cacau);
* Quatro gemas de ovo;
* 80g de açúcar branco;
* 30g de amido de milho (farinha maizena);

Para a cobertura:
* Cacau em pó magro.

Confecção:

* Derreter o chocolate e a manteiga no microondas ou em banho-maria;

* Bater bem as gemas e o açúcar e juntar o chocolate derretido, continuando sempre a bater;

* Juntar a farinha e o fermento e misturar bem;

* Bater as claras em castelo e incorporar suavemente na massa;

* Verter a massa para uma forma untada e levar ao forno pré-aquecido a 160º durante 40 minutos;

* Para o creme demolhar as folhas de gelatina em água fria;

* Aquecer numa panela o leite e o chocolate e esperar que o chocolate derreta;

* Numa tigela bater bem as gemas de ovo com o açúcar e a farinha maizena e depois verter o leite quente sobre esta mistura;

* Devolver à panela e aquecer até o creme engrossar;

* Desligar o lume, juntar as folhas de gelatina escorridas e mexer bem;

* Deixar o creme esfriar;

* Cortar o bolo ao meio e rechear e cobrir com o creme;

* Manter no frio e polvilhar com cacau em pó antes de servir.


Até amanhã!

10 comentários:

  1. Muito bom aspecto o bolo!
    Dá mesmo vontade de lhe dar uma trinca :)
    Parabéns!
    bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Conheço um certo menino que vai adoraaaar este bolo :)

    ResponderEliminar
  3. Fico sempre com pena das tuas receitas q não experimento.
    Quanto à lista, acho que a época do Natal e o ponto 9 me parecem a match made in heaven. Que me dizes? :)

    ResponderEliminar
  4. Esse bolo tem um aspecto escandalosamente bom... eu nisso dos sabores estou com os rapazes. Chocolate, sempre ;P

    ResponderEliminar
  5. Adoro bolo de chocolate este vai ficar na minha lista de bolos a fazer ficou lindo e com textura humida e fofa adoro!!

    Beijinhos e parabéns, espero que sejas muito mas muito feliz:)

    ResponderEliminar
  6. O aspecto deste bolo é extraordinário!
    Em relação à Sauvers, estou a ver que vale bem a pena :)

    Bjinhos
    Susana

    ResponderEliminar
  7. Que bom aspeto!!! Parece delicioso! Duas questões: qual o tamanho da tua forma? O Bolo não é difícil de cortar para rechear?? Obrigada :)

    ResponderEliminar
  8. Que bom ar que tem este bolo! Também gosto muito da Saveurs.

    ResponderEliminar
  9. Pensava que ia ser o desafio do "bolo mega calórico" que tinhas lá ou assim :P
    Não ligo muito a revistas de culinária. Não gosto de fazer receitas que não tenham a opinião, por isso é que gosto dos blogs - não se compara àqueles sites em que qualquer pessoa introduz uma receita nem às revistas, e tenho uma enorme desconfiança por tudo o que não tenha opinião pessoal (de preferência que a opinião seja "ohmeuDeus melhor coisa de sempre" ou dentro do mesmo registo). Já ouvi falar da Saveurs, claro, mas nunca liguei muito. Agora com isto até me apetece fazer uma assinatura também. Acho que vou passar a fazer imensas receitas de lá, mas é capaz de ser através do teu blog ;)
    Tenho andado bastante satisfeita com a culinária francesa. Éclairs, tarte de flan, bouchée a la reine, cremes de pasteleiro e etc... TODA a gente adora, acabam por ser das coisa preferidas dos provadores, saem sempre bem, são mesmo muito boas e o meu pai esteve em frança imenso tempo por isso adora (bónus de dizer o nome das coisas em francês, língua que eu acho muito gira e engraçada). E com esse "pouco doce" fiquei a salivar... Não vou dizer que "oh, eu não gosto nada de coisas doces" (que é o que imensa gente diz quando não é verdade para se armar um bocado - olá vovó!), mas fiquei a imaginar a textura cremosa e o sabor amargo de chocolate... Que bom!
    (Ultimamente ando com isto do "chocolate amargo", porque quando era pequena o meu pai partia chocolate amargo em pedaços e dava-me um bocado. Eu gostava, mas agora não sei qual era porque todos me parecem mais doces do que esse era... As coisas já não são como antigamente!)
    (A título de curiosidade: ele não partia as tabletes em quadrados, eram mesmo pedaços com metade de um quadrado e um bocado de outros... Que horror :P)
    Nem tinha percebido que o bolo tinha cobertura, parece tão húmido e intenso que mal se distingue. Por acaso aconteceu-me isso de não se distinguir bem o bolo do creme há pouco tempo, é estranho :P (a minha avó odiadora de bolos com cobertura (ou "um bolinho simples é tão bom, para que é que vais fazer essa porcaria" ou "vais pôr molho de morango por cima de cheesecake? Vais estragar tudo, que nojoaproveitou logo para dizer que era "mais sequinho" e o elevar ao nível da tarte de Flan, aka sobremesa favorita dela (já agora desculpa por estar sempre a falar disso, é influência de a ouvir ser requisitada, fazer e comer tantas vezes :P pelo menos é a arma perfeita para a história dos "bolos simples", desarma logo... "Ah, sim, é verdade, isso o flan é diferente!")
    Continuando com o post: como é que fazes isso a uma revista? Lutas com ela enquanto cozinhas? :P
    É tão bom ter uma fonte de receitas de confiança, tipo a Saveurs ou o teu blog ;)
    Tenho a certeza de que uma fatia fininha deste bolo chegava para convencer os mais cépticos do poligamismo ;)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />