4 de julho de 2014

Bolachas de chocolate com pepitas de chocolate para dois :D

I climbed across the mountaintops,
Swam all across the ocean blue.
I crossed all the lines and I broke all the rules.
But baby, I broke them all for you.

Oh because even when I was flat broke,
You made me feel like a million bucks,
You do, I was made for you.

Brandi Carlile


Eu e o Pedro nunca fomos um casal muito convencional. Querem provas? Pois venham de lá essas provas.

Começámos a namorar de uma forma estranha: éramos amigos, apaixonámo-nos de repente e começámos a namorar poucos dias depois, após eu dar um chuto no traseiro do meu namorado da altura com quem estava há três anos. Começámos a viver juntos de uma forma completamente repentina, sem analisarmos a questão convenientemente. Temos centenas de tradições carinhosas diferentes que envolvem comer esparguete à bolonhesa no dia de Natal e fazer comida mexicana uma vez por semana.


O ano passado tivemos uma crise dolorosa, em que acabámos a nossa relação durante cinco minutos antes de decidirmos lutar por nós. Dois meses depois disso ficámos noivos (de uma forma bem engraçada) e os meus pais acharam que tínhamos perdido a cabeça.

Vamos ter um casamento diferente, e toda a gente acha que como vamos para um château em França e o tema é o Natal embora seja em Setembro somos mesmo maluquinhos da cabeça.

Já estão convencidos que não somos um casal convencional? Boa. Então adiante.


Gostava de conseguir ser modesta e dizer que há coisas boas e coisas más em ser um casal estranho, mas isso seria mentir: na verdade eu acho que nós somos fantásticos e não trocava aquilo que temos por nada neste mundo. O Pedro foi a segunda melhor coisa que aconteceu na minha vida (sendo que a primeira foi a minha família, com quem também tenho uma relação extraordinária), e agradeço todos os dias por poder ter ao meu lado alguém tão especial.


É claro que temos dias menos bons. Mas o que importa é que os dias bons são a esmagadora maioria, e fazem tudo valer a pena.

Nesses dias festejamos com bolachas de chocolate. E como queremos manter a linha, fazemos só quatro.

Depois não digam que eu não sou vossa amiga :D


Bolachas de chocolate com pepitas de chocolate para dois (receita adaptada do blog 'Like Mother Like Daughter')

Ingredientes (para quatro bolachas):

* Duas colheres de sopa de manteiga amolecida;
* Duas colheres de sopa de açúcar branco;
* Duas colheres de sopa de açúcar amarelo;
* Uma gema de ovo;
* Uma pitada de sal;
* Um quarto de colher de chá de bicarbonato de sódio;
* Cinco colheres de sopa de farinha de trigo;
* Duas colheres de sopa de cacau em pó;
* Quatro colheres de sopa de pepitas de três chocolates da Vahiné.

Confecção:

* Juntar a manteiga, o açúcar branco e o açúcar amarelo e misturar bem;

* Juntar o ovo, o sal, o bicarbonato, a farinha e o cacau, envolvendo bem entre cada adição;

* Se a massa estiver demasiado peganhenta acrescentar mais uma colher de sopa de farinha;

* Acrescentar as pepitas de chocolate;

* Dividir a massa em quatro e formar quatro pequenos cilindros;

* Colocar os cilindros em pé sobre um tabuleiro coberto com papel vegetal (não achatem porque as bolachas alargam no forno);

* Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante dez minutos;

* Deixar arrefecer no tabuleiro durante cinco minutos, retirar e deixar arrefecer completamente sobre uma grade.




Não há desculpa para não fazerem no fim-de-semana :D

5 comentários:

  1. Eu também acho que não tenho um casamento convencional mas é por isso que resulta bem
    Adorei estas tuas bolachas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Linda a história de vocês e com certeza tem tudo para dar certo!! Quando há amor, respeito pelo espaço um do outro e união, tudo fica mais bonito!!!! Adorei a receita, as fotos ficaram lindas!!!! Beijos e bom final de semana!!! =)

    ResponderEliminar
  3. Que lindas... mas só 4??? ai ai ai... acho que ficava a olhar para o forno a ver se não saiam de lá mais algumas! Hehehehehe
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. É que apetece mesmo dar uma dentada! :)
    Beijinhos

    http://miascuisinemf.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. (Eu vou tentar não falar das pepitas para não ser repetitiva. (Não as vi no E Leclerc :())
    Acho que dá para perceber por alguns (muitos) dos textos do blog... Parece realmente uma relação muito... espontânea ;)
    Bolonhesa no Natal... :) eu gosto dessa, é bem melhor do que bacalhau e batatas :P
    Fico mesmo contente por saber que conseguiram resolver o problema e substituir a desistência pela luta. É muito estranho para mim que fales dessa "crise", porque sempre que leio o teu blog fico com a sensação de que vocês foram feitos um para o outro :P parece quase improvável que quase se tenham separado... Eu sei que toda a gente tem problemas, que não se pode conhecer a situação através da leitura de um blog e etc, mas... :P
    Se os dias felizes são quase todos e fazes bolachinhas para comemorar o assunto é complicado, mesmo que sejam só 4 :P haha
    Eu até gosto de receitas em pequena escala, mas acaba por ser chato: às vezes não me importava de fazer só 1 muffin, por exemplo, ou 4 bolachas, mas é um bocado mau ligar o forno para uma coisinha de nada... A energia gasta é a mesma que para uma fornada inteira, ainda que se gastem menos ingredientes e não haja excedentes. Mas quando encontrar estas pepitas até abro uma excepção ;) (logo logo a seguir aos cupcakes floresta negra!)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />