22 de abril de 2014

Frango com legumes na wok e a insegurança.

Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei a verdade e sou feliz.

Alberto Caeiro


Se me perguntassem, nunca na vida diria que sou uma cozinheira ou uma escritora. Na verdade, nem sequer costumo dizer que sou uma blogger de culinária: na minha perspectiva sou apenas uma miúda que vai fazendo umas receitinhas e partilhando alguns dos seus devaneios caricatos.


Há uns tempos recebi um mail de uma leitora que dizia que eu era uma óptima contadora de histórias, e na altura fiquei a pensar naquilo. Nunca tinha pensado em mim como uma contadora de histórias, embora racionalmente isso seja de facto o que faço aqui.

E de repente a realidade esbofeteou-me com força:

Eu escrevi um livro com as minhas receitas e com as minhas aventuras. Isso deve fazer de mim uma cozinheira, uma escritora e uma contadora de histórias. Eu, uma miúda que vai apenas fazendo umas receitinhas.


Espero que um dia consiga pensar no meu livro sem sentir esta mistura esquizofrénica de histeria, medo, entusiasmo, pânico, insegurança, incredulidade, felicidade, terror, orgulho e vontade de gritar. Espero um dia ver em mim o que vêem as pessoas que sempre me apoiaram. Espero sentir-me mais, muito mais do que a miúda que vai fazendo umas receitinhas.

Até lá, vou partilhando convosco as minhas pequenas vitórias: comprei uma wok. Depois de anos (anos!) de negociações com o Pedro - que argumentava que a wok não era mais do que uma frigideira com um nome estranho - lá o manipulei convenci a comprar uma wok.

E sabem que mais? É só mesmo uma frigideira com um nome estranho. Bolas.


Frango com legumes na wok

Ingredientes (para duas pessoas):

* Uma cebola cortada em fatias;
* Três dentes de alho picados;
* Um fio de azeite;
* 200g de mistura de legumes chineses congelados;
* 200g de peito de frango cortado em cubos;
* Duas colheres de sopa de molho de ostra;
* Uma pitada de piri-piri;
* Uma colher de chá de mistura de especiarias orientais;
* Massa aletria cozida q.b.

Confecção:

* Refogar a cebola fatiada e o alho picado num fio de azeite;

* Juntar a mistura de legumes chineses e o peito de frango e saltear;

* Temperar com o molho de ostra, o piri-piri e a mistura de especiarias orientais;

* Deixar cozinhar e juntar a aletria cozida, misturando bem;

* Servir.

Podem fazer o prato na frigideira, fica igualmente bom :D

Até amanhã! :D

9 comentários:

  1. olá, só para dizer que mencionei o teu blog para um desafio aos bloggers, se quiseres participar... *

    ResponderEliminar
  2. Curiosamente também comprei a semana passada uma wok...mas já eu acho-a útil e prática, e salteio sem colocar gordura (quase) nenhuma, é uma mais valia, na minha opinião!
    Adorei a tua sugestão!

    Ps: Adoro o poema do Alberto Caeiro

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Bela sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Uso muito o wok, porque é uma frigideira com bem mais capacidade que uma frigideira das outras! ;-) Tirando isso, talvez dê para reduzir o nível de gordura usado, mas se tivermos uma frigideira anti-aderente como deve ser, acaba por ficar ela por ela.

    ResponderEliminar
  5. Adoro estas refeições com sabores asiáticos! Ficou com óptimo aspecto.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  6. Não tenho wok, mas sempre partilhei da opinião do Pedro! :)
    É normal sentires essa insegurança. Eu acho que desde que seja apenas um bocadinho e não nos bloqueie, a insegurança impede-nos de dar as coisas por garantido, e isso é bom, não nos deixa estagnar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Nããão! Não é nada :P é a melhor coisa alguma vez inventada a seguir à manteiga de amendoim! A minha avó ficou fã e super dependente e isso é dizer MUITO. Usa-a para tudo.
    Dá muito mais jeito para mexer e não entorna tudo por fora, a comida fica com um gosto diferente (e melhor), aguenta com bastante mais quantidade (depende do tamanho, normalmente dá, o que é bom quando é o que se come 1/2 vezes todos os dias :P), dá um gosto chinês, podes fazer comida chinesa (já tinha dito que gosto de comida chiesa? :D), dá para usar menos gordura, o calor é mais uniformemente distribuído (o que é muuito importante para aquilo do stir frying, segundo o que já vi sobre isso),...
    A minha avó gosta mesmo daquilo e faz tudo lá, mesmo depois de décadas a cozinhar com os bons velhos tachos. Eu sei, que moderna ;) É sempre "ah, isto normalmente é frito, mas vou fazer antes no wok". :D Até fico admirada com a capacidade de "evoluir" e mudar os hábitos (pronto, a esse nível ainda compensa com ser uma antiquada noutras ;) haha) . Já fez moelas, frango com cogumelos, bife de coração, massa, etc. E eu nem gosto muito de moelas, mas aquilo é divinal! O frango também fica maravilhoso :) E depois há a mistura de imensos legumes, mas mais vale nem falar :P
    Vês? É uma super frigideira! :D
    Onde compras o molho de ostra?! Eu vi em receitas chinesas e pensei que não houvesse por cá, se houver fico toda contente :D
    Quanto às inseguranças... Deixa-te disso, és isso tudo :D para além do mais toda a gente pode comprovar por aqui. Depende sempre da definição de blogger, de escritora ou de cozinheira, mas acho que qualquer que seja tu continuas a ser todos ;) Às vezes é um bocado difícil levar a sério o que se faz. Por acaso há algum tempo perguntaram-me se fazia algum desporto. Quando eu disse que corria achei um bocado estranho ouvir "Ahh, então praticas atletismo". Eu fiquei a olhar, tipo "Hmmmm não.". Eu não considero que pratico atletismo, de todo, mas depende da tua ideia do que isso é, e para algumas coisas o dicionário não chega... Achei engraçado quese associasse correr a atletismo tão rapidamente :P mas já estou a divagar...
    Independentemente do episódio do wok, o teu prato parece delicioso! A massa aletria dá realmente um aspeto asiático. A minha tia costumava cozê-la e comer assim, o que eu acho extremamente estranho :P Comprei noodles para fazer massa frita qualquer dia, também são fininhos e pensava que nem os ia encontrar... Mas aletria dá um toque giro :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />