6 de março de 2014

Lemon curd e um acidente.

You said I must eat so many lemons,
'Cause I am so bitter...
I said, 'I'd rather be with your friends, mate,
'Cause they are much fitter'.

Yes, it was childish and you got aggressive,
And I must admit that I was a bit scared,
But it gives me thrills to wind you up.

Kate Nash


No dia 6 de Fevereiro acordei a sentir-me estranha e passei toda a manhã tonta e enjoada. A dada altura decidi beber um café para ver se ficava mais animada, mas fiquei ainda pior: para além de tonta e enjoada fiquei também ansiosa.

Deixei tudo adiantado na enfermaria e decidi vir mais cedo para casa. Como precisava desesperadamente de relaxar elaborei um plano infalível: ia às compras, vinha para casa e passava o resto da tarde a fazer aquela tarte de amêndoa tão tentadora que a Maria me tinha aconselhado.


Ainda me passou vagamente pela cabeça que não estava em grandes condições para conduzir e que devia esperar pelo Pedro, mas como ele estava de banco - e por isso só saía à meia-noite - e como eu queria chegar rápido a casa para fazer a tarte de amêndoa optei por parar de ser mimalhona.

E pronto, é assim que os acidentes acontecem.


Quando estava a sair do parque de estacionamento do hospital raspei numa daquelas caixas com mangueiras de incêndio que estão agarradas aos postes. A caixa entrou pelo vidro de trás do meu carro, e eu fiquei com o carro encarcerado.

Foram precisas seis pessoas para desencarcerar o meu carro, que teve de ser arrastado para um dos lados. O vidro ficou partido, as borrachas rasgadas e a chapa amolgada. E eu mergulhei num profundo estado de choque, de tal forma que o Pedro teve de me trazer a casa.


Fui às compras. Depois arrumei, aspirei e limpei toda a casa. Depois fiz a tarte de amêndoa, experimentei uma receita de lemon curd e cobri uma pavlova de coco com ela. E depois fui dormir, porque os dias assim só sabem bem quando terminam.

No dia seguinte enchi a barriguinha e a alma com as sobremesas que tinha feito para o jantar de internos do hospital.


Algum tempo, muitas lágrimas e uma carteira bem mais leve depois o meu carro está de volta e tudo ficou bem. Porque a vida é assim: tem sempre o seu quê de doce e de amargo. Tal como o lemon curd.


Lemon curd (receita adaptada do blog 'Good Dinner Mom')

Ingredientes:

* 190ml de sumo de limão (sumo de cinco limões);
* Uma colher de sopa de raspa de limão (raspa de cinco limões);
* Meia chávena de chá de açúcar (oito colheres de sopa);
* Três ovos;
* 100g de manteiga sem sal;

Confecção:

* Juntar todos os ingredientes numa panela e misturar bem;

* Aquecer em lume brando, mexendo com uma espátula até engrossar (sem deixar ferver);

* Colocar num recipiente e deixar arrefecer. 


Usei este lemon curd em duas receitas: a linda e maravilhosa pavlova de coco com lemon curd e framboesas e uns muffins de lemon curd que ficaram uma delícia :D

Até amanhã :D

7 comentários:

  1. Acidentes são sempre chatos. O lado positivo, é que os danos foram só no carro.
    O lemon curd... está com um aspecto delicioso.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia :D
    Realmente há coisas amargas na vida, mas não podemos deixar que nos "roube" a doçura das outras coisas :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Gostei da história. Há sempre um lado doce e um menos doce. Felizmente tudo se resolveu e o dia terminou num lemon curd com uma cor que apetece. Até breve.

    ResponderEliminar
  4. Os acidentes só não acontecem a quem não conduz!
    Adoro lemon curd, já há tanto tempo que não como *.*

    ResponderEliminar
  5. Acidentes acontecem :) E enquanto é chapa, não tem gravidade.
    Nunca provei lemon curd mas tem um aspeto tentador!

    ResponderEliminar
  6. A receita que eu fiz era bastante diferente... Estava mesmo boa, mas como eu nunca provei lemon curd não sei exatamente o sabor que é suposto ter. Acho que é aquele, porque gostei muito, mas queria experimentar outros para alargar horizontes :)
    Acidentes de carro são muito maus... Mesmo que sejam levezinhos é chato. Ainda bem que a tua tarte, ops, tarde correu como planeado ;) (quaaase!) Espero que tenha sido uma indisposição momentânea (o que é chato como tudo...) :) OU que tenha passado completamente com o lemon curd. Que por acaso parece mesmo bom.
    A inspiração para o lemon curd veio da cor do teu carro, não foi? :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />