28 de fevereiro de 2014

Pães de Deus para uma despedida :)

(Songoku!)
Eu só quero é porrada!
(Songoku!)
Venha tudo à molhada! 
(Songoku!)
Levas uma cacetada.
Bastões e matracas, pessoal das barracas,
Vais sofrer até morrer!

Cebola Mol (originalmente a Song 2 dos Blur)


Durante o curso passei três vezes pelo estágio de Cirurgia, do quarto ao sexto ano. Fiquei em três hospitais diferentes. Assisti a dezenas de cirurgias. Vi as coisas mais curiosas, estranhas e nojentas que consigam imaginar. Mas nenhum desses estágios conseguiu preparar-me para o que iria enfrentar no Hospital de Vila Franca de Xira.

Aqui as pessoas cortam-se com chapas de aço, com moto-serras ou com machados de rachar lenha. Aqui as pessoas são agredidas com cadeiras, com martelos e com facas.

Aqui as pessoas magoam-se sério. E quem é que tem de as suturar? Pois, sou eu.


Perguntam-me imensas vezes como consigo ter resistência digestiva para isto, e a resposta honesta é esta: não sei.

Às vezes penso sinceramente que vou desmaiar para cima das pessoas. E nessas alturas penso com os meus botões que não há qualquer dúvida que eu não tenho a mínima vocação para cirurgia. Na verdade, nunca tive tanta certeza que queria ser psiquiatra.


Apesar disso a minha passagem pelo serviço de Cirurgia não podia ter corrido melhor: conheci pessoas fantásticas, diverti-me muito e aprendi imenso. Foi uma experiência gira, e honestamente tenho um bocadinho de pena que tenha terminado.

Na Segunda-feira vou para o serviço de Pediatria, por isso hoje é a minha despedida. Vai daí, decidi preparar um lanchinho para toda a gente do serviço - e claro que não podiam faltar os pães de Deus que trouxe na primeira semana de trabalho e que foram gabados e devorados por todos.

Cirurgia pode não ser a minha vocação, mas cozinhar é um bocadinho :D


Pães de Deus (receita adaptada do blog 'Bem Bons')

Ingredientes (para oito pães de Deus):

* 500g de farinha de brioche;
* 235ml de água morna;
* 100g de coco;
* 100g de açúcar;
* Um ovo e uma gema;
* Uma gema para pincelar;
* Açúcar em pó.

Confecção:

* Juntar a água e a farinha e amassar durante quinze minutos com as mãos enfarinhadas (podem fazer este passo na MFP);

* Deixar levedar num sítio morno durante 1.30h (normalmente deixo no forno pré-aquecido a 50º e desligado);

* Colocar a massa numa superfície enfarinhada e dividir em oito a dez bolinhas;

* Colocar as bolinhas num tabuleiro forrado com papel vegetal e deixar levedar durante mais uma hora num sítio morno;

* Para a cobertura de coco juntar o ovo, a gema, o açúcar e o coco e envolver bem;

* Pincelar cada bolinha com a gema e cobrir com a cobertura de coco;

* Levar ao forno pré-aquecido a 200º durante cerca de quinze minutos;

* Deixar arrefecer e polvilhar com o açúcar em pó.


Tenham um óptimo fim-de-semana! :D

31 comentários:

  1. Adoro Pão-de-Deus e nunca fiz... está mal, tenho que experimentar.
    Bjs, Susana

    ResponderEliminar
  2. Sou mega enojadinha com essas coisas. Sangue desmaio, Se vejo vomitado, vomito.
    Nasceste para isto, só tou consegues pensar/mexer em coisas tão nojentas e em pães de Deus ao mesmo tempo!! ehehe
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Adoro Pães de Deus, esses ficaram magnificos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito destas descrições médicas, estes bocadinhos de 'bastidores' de hospital!
    Porque por vezes esquecemo-nos que os médicos também sentem medos, também choram, também riem imenso, também teem uma família além das horas que passam no hospital... Também teem hobbies, sei lá... Podia enumerar muitas outras coisas... É curioso!
    E por vezes apenas vemos 'O MÉDICO' e mais nada além disso!
    Obrigada por estas pequenas descrições, adoro lê-las :-)
    (E daqui fala uma pessoa que disse a vida toda que gostava de ser médica ou enfermeira, mas apareceu um namorado e os estudos foram ficando para canto e outras prioridades falaram mais alto :-)
    Por isso é que me fascina todo este mundo e meio hospitalar!!!)
    Beijinhos***
    joana

    ResponderEliminar
  5. Ah! E esta receita já a apontei...
    Vou experimentar, sem dúvida! Que aspecto, já me deixaram a salivar...

    ResponderEliminar
  6. bem.. eu é que não tinha estômago de certezinha!!!
    Mas para esses pães de deus tinha :) hehehe´
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Joaninha, que lindos pães de Deus! Fiquei a babar a olhar para as fotografias... oh tentação! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. ola Joana:) que saudades que tenho tuas! tenho vindo ca quase todos os dias cuscar o cantinho e adoro :) desejo muito sucesso agora para a outra fase...realmente abrir pessoas, ou fechar o que abriram...é preciso muito estomago... :D beijinhos e optimo fim de semana

    ResponderEliminar
  9. :) eu por acaso tenho uma intuição qq para a cirurgia, apesar de nunca ter assistido a nenhuma. A minha opinião ainda há de mudar mil vezes, mas tenho esta inclinação ;)

    ResponderEliminar
  10. Joana, onde compras a farinha de brioche? nunca vi à venda. Obrigada! tem excelente aspeto!!! vou experimentar de certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há na maioria dos supermercados, perto da farinha. Costuma estar junto daqueles preparados para diferentes pães, e até já há de marca branca - da primeira vez comprei da marca Continente, agora comprei da marca Nacional e não notei diferença nenhuma ;)

      Boa sorte :D

      Eliminar
    2. -Muito Obrigada :) a ver se é este fim de semana que experimento :)

      Eliminar
  11. Há uma espécie de bolo (pão?) com uma cor, aspeto e sabor (imagino) semelhante, mas que eu saiba só se vende no Bom Jesus :) Vê-se logo que é no Norte, porque aí chamam-se Pão de Deus e cá chamam-lhe Pão Podre HAHA :P (é que achei mesmo estranha a diferença!)
    Também tem coco ralado e tudo. Incluindo o açúcar. Mas eu até acho que o coco estraga um bocado e tento tirá-lo... Tenho a certeza de que quando (não é "se", sei que tenho de fazer isto desde que vi a foto!) fizer vou impressionar a família, porque é muito tradicional :) e porque tem um aspeto divinal. Mas é melhor eu não contar muito com isso!
    Gostas mesmo de cirurgia! Já deu umas boas receitas :) Acho que consigo imaginar a tortura que é. Mais ou menos. Pronto, claro que não tenho muita noção. Mas vou pelo que dizes...
    Finalmente deixas de ter esses momentos horríveis :P mas ainda bem que também tens/tinhas a parte boa :) seja qual for o sítio os teus bolinhos vão ser sempre apreciados, portanto não é assim tão mau :P
    Ei, que filme! Pessoas a magoarem-se assim... Às vezes pensa-se que é só nos filmes, mas não é bem assim...
    Uma pessoa que eu conheço foi ao médico porque lhe doía o ouvido e descobriu que tinha um monte de raminhos entranhados. Ele coçava o ouvido com ramos de árvore, partia-se e ficava lá dentro. Tinha um depósito enorme! E outra tinha num exame uma bola escura e era um monte de cabelos que ela comia, todos aglomerados. Teve de tirar por cirurgia... Cada coisa estranha que tu deves ver, também!

    ResponderEliminar
  12. ADORO pão de deus e este tem um aspecto delicioso!

    ResponderEliminar
  13. ontem experimentei o pão de deus e ficaram 10 pãezinhos realmente mt bons!

    ResponderEliminar
  14. Adoro pães de Deus, ai que tentação. Agora já tenho e receita é só pôr mãos á obra:)
    Gostámos muito da temática do teu blogue. Já estamos a seguir. Passa também pelo nosso e torna-te nossa seguidora para não perderes pitada das novidades ;)

    Maçã e Canela
    http://blogmacaecanela.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Olá Joana!!
    Fiquei imensamente feliz em conhecer seu cantinho e um pouco de sua história!
    Te desejo de coração boa sorte nessa nova fase profissional!!
    Esse Pão de Deus foi uma ótima idéia para fechar com chave de ouro a antiga fase!
    Se quiser visitar meu cantinho, será muito bem-vinda! Beijos!
    http://deliciasdavodeo.blogspot.com.br/
    www.facebook.com/ReceitasdoBlogDeliciasdaVoDeo

    ResponderEliminar
  16. Olá Joana,

    Deixaste no post recente dos pães de Deus na actifry e puseste o link destes e eu cá vim espreitar! Em cima num comentário diz que apontei a receita e até devo ter apontado, mas não faço a mínima ideia de onde está :-) E curiosamente esta semana no feriado (segunda-feira) fui à feira, coisa que já não ía para aí à uns 2 anos e sabes o que comprei lá na mulher do pão e dos doces? 2 pães de Deus... Os da feira são tão fresquinhos e tão bons :-) E consolei-me com 1 pão de Deus, até o meu filhote que nunca tinha comido se lambuzou com metade de um...
    Agora sim, vou apontar e tentar não perder esta receita para fazê-los caseirinhos para o meu filhote...

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recomendo mesmo Joana, não é por serem meus mas são mesmo deliciosos :D Aposto que vais gostar :D

      Beijinhos :D

      Eliminar
  17. Que óptimo aspecto! Dá para congelar antes ou depois de irem ao forno?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês! Desculpa a demora na resposta, espero que ainda vá a tempo :)

      Eu diria que dá para congelar depois de irem ao forno ;)

      Beijinhos e boa semana :D

      Eliminar
  18. Ola agora a farinha preparada brioche e da nestle a nacional acabou
    Da para bater na batedeira

    ResponderEliminar
  19. Ola agora a farinha preparada brioche e da nestle a nacional acabou

    ResponderEliminar
  20. Joana, o pao de deus pode ser feito de vespera? Fica fresco? Obrigado, aguardo resposta.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />