26 de fevereiro de 2014

Barrinhas de toranja e laranja e a ressurreição da minha vida social :D

When you're tired of racing,
And you find you never left the start...
Come on baby, don’t let it break your heart.

Coldplay


Há algumas semanas eu queixava-me aqui que era uma anti-social, e juro que na altura aquele texto fazia todo o sentido. Estava a passar uma fase mais introspectiva, sentia-me melhor sozinha e precisava de me reorganizar. Queria ter tempo para recuperar física e mentalmente dos meses extenuantes que tinham ficado para trás, e senti que estar só e apenas comigo era a melhor forma de o fazer.

O problema é que pelo caminho, sem eu saber bem como, acabei por me afastar dos meus amigos.


Seguiu-se depois a já habitual lengalenga da auto-comiseração: porque não tenho amigos, porque ninguém me liga, porque estou sozinha como o cão do Miguel, etc etc. E depois, como sempre acontece, fiquei cansada.


Fiquei cansada de estar sozinha. Fiquei cansada de ter pena de mim própria. Fiquei cansada de me ouvir resmungar. E estendi novamente a mão para os outros.

Muitas mãos se abriram de volta, e desde então os meus fins-de-semana são um forrobodó de jantares, saídas, passeios, lanches, conversas e gargalhadas. E sabe mesmo, mesmo bem.


Sim, a minha vida social ressuscitou. E como não há fome que não dê em fartura, confesso que não tenho tido mãos a medir com as receitas de doces que saem da minha cozinha para encher as barriguinhas dos meus amigos quando nos encontramos.

Considerem-se avisados e preparem-se para a maratona de coisinhas boas :D


Barrinhas de toranja e laranja
(Podem ver a minha receita de barrinhas de limão aqui)

Ingredientes:

* 250g de manteiga com sal à temperatura ambiente;
* 220g de açúcar amarelo;
* 340g de farinha de trigo;
* Quatro ovos;
* 80g de farinha de trigo;
* 300g de açúcar amarelo;
* 150ml de sumo de toranja (sumo de uma toranja);
* 50ml de sumo de laranja (sumo de meia laranja);
* Raspa de uma toranja;
* Raspa de uma laranja;
* Açúcar em pó para polvilhar.

Confecção:

* Bater a manteiga com o açúcar amarelo até ficar uma mistura cremosa;

* Envolver a farinha de trigo e continuar a bater até ficar com uma textura areada;

* Colocar num tabuleiro untado com aproximadamente 22x33cm e espalmar bem;

* Picar com um garfo e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante trinta minutos;

* Retirar e deixar arrefecer um pouco;

* Entretanto misturar a farinha, o açúcar e os ovos e bater bem até ficar uma mistura homogénea;

* Juntar o sumo de toranja, o sumo de laranja, a raspa de toranja e a raspa de laranja e continuar a bater;

* Verter sobre a camada de 'bolacha' e levar ao forno novamente durante vinte minutos;

* Retirar e deixar arrefecer completamente antes de cortar em barrinhas;

* Polvilhar com o açúcar em pó.


Até amanhã! :D

8 comentários:

  1. Quero uma barrinha destas, mas versão de limão! Pode ser? :D

    ResponderEliminar
  2. Estas barrinhas dão cabo de mim!
    http://aaventuraculinaria.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Olá :D
    Eu não gosto de toranja :( acho-a muito amarga, mas se for só de laranja ou se limão levo 3 sim? :D
    Aproveita bem com os teus amigos, que são das coisas mais importantes nesta vida :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. A vida às vezes pode ser tão boa e apenas com pequenas mudanças no dia-a-dia. bjs

    ResponderEliminar
  5. Raramente compro toranjas, há séculos que não provo uma! Gosto destas barrinhas, de certeza que são deliciosas! Já experimentaste com papaia? Eu fiz há dias e adorei, se quiseres, dá uma espreitadela lá no blogue.

    ResponderEliminar
  6. Essas barrinhas parecem ser deliciosas *-*
    Eu também vou estar brevemente com o meu grupo de amigos, estou com saudades deles!

    ResponderEliminar
  7. Já há algum tempo, por ler algumas coisas que disseste, acho que deviam analisar as fases de estudo para O exame. É que pelo que escreves houve muitas! Antes, durante, depois.
    Agora é um pesadelo passado. Podes esquecê-lo, agora tens outro :D
    (Que má, desculpa. Mas já passaste muitos anos maus com bons resultados - incluindo muffins! - e podes olhar para trás com alívio.)
    O blog fica a ganhar com a tua vida social :) Tu também! Ainda bem que resolveste isso. Se ficasses triste e solitária durante muito tempo só íamos ter receitas de chocolate quente.
    (E croissants de Nutella.)
    Eu tenho um historial mau com toranjas ("Oh, olha que boas laranjas aqui redondinhas e pesadinhas!", "Que horror, são vermelhas e estranhas".) Já enfiei muitas na cara de outras pessoas que as tolerassem, não gosto nada. Mas reativaste a minha vontade de fazer lemon bars (estava meio adormecida) sem fazer camafeus grossos porque descobri que a massa não chegava para cobrir o tabuleiro. E estas estão tão giras! Que bem cortadas :)
    Mesmo contando com estas e Orange Bars não consigo imaginar que sejam melhores que as de limão, porque as outras coisas não parecem suficientemente intensas e toranja é nojenta.
    (Estou a brincar, eu é que implico com elas.)
    Portanto é um elogio sincero dizer que o meu subconsciente está a fazer-me querer fazer isto ("Toranja não é assim tãão má. Compra um cortador em forma de coração. Já. O das panquecas não, é horrível. Não corta nada. Porcaria de produtos sencionalistas. E depois queixas-te que as tuas coisas não ficam bonitas. Idiota.")
    ... Mas acho que é mais provável fazer as de limão, pelo menos primeiro :)

    Ps: fiz os teus (repara que digo sempre que fiz os teus "inserir nome da receita". Porque os bifes são teus.) bifes com fiambre e queijo. Fiz algumas alterações, mas ficaram muuito melhores do que estava à espera. Tão bons! A repetir brevemente :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />