14 de setembro de 2012

A praxe e as acrobacias chinesas :)


Era o segundo dia das matrículas. Eu entrei na Faculdade pela primeira vez ao lado do meu pai, depois de uma viagem de carro longa e cansativa que me deixou ainda mais nervosa. 

Estátua do Sousa Martins em frente à minha Faculdade :)
Reconheci imediatamente a primeira pessoa que vi: era o F., um amigo de um rapaz da minha turma do ensino básico que me apadrinhou logo. Disse ao meu pai que ia ficar bem e depois comecei a ser praxada. 

A praxe na minha Faculdade consistia em fazermos pequenos jogos e cantarmos canções. Tentávamos matar formigas com gritos, jogávamos futebol com bolas de papel e o sopro, medíamos o chão com fósforos, saltitávamos de um lado para o outro sem pisar as riscas pretas, entre outros. Pelo caminho conhecíamos os outros caloiros e falávamos com os veteranos, que nos diziam onde tínhamos de ir e o que tínhamos de fazer. 

A dada altura questionei-me onde estaria o meu pai, e quando olhei para trás vi o meu pai a filmar tudo com o telemóvel, a sorrir e a chorar. Foi a segunda vez na minha vida que vi o meu pai a chorar, e nunca irei esquecer esse momento. Esse foi o momento em que eu soube que pertencia ali, e que os anos seguintes iam ser os melhores da minha vida.

Antes do início das aulas é já tradição acontecer a Noite de Santana, uma noite onde os caloiros ficam na Faculdade a fazer actividades e jogos. A minha primeira Noite de Santana foi absolutamente inesquecível. Vimos a Tuna e a banda, vimos a 'Canção de Lisboa', fizemos jogos e coreografias, pedimos a benção ao Sousa Martins e cantámos imensas músicas :) 

Uma das praxes consistia em dançarmos esta música tal como no vídeo :D Foi muito divertido :D

As minhas primeiras semanas da Faculdade foram absolutamente fantásticas, e grande parte disso deve-se à praxe. Foi na praxe que conheci os meus amigos quase todos (inclusivamente o P., como vos contei aqui). Foi na praxe que percebi que havia na minha Faculdade muitos estudantes de fora de Lisboa, e que tal como eu também eles sofriam com a distância da família, dos amigos e dos namorados. 

Eu adorei ser praxada, e todos os meus amigos partilham desta opinião. Gostávamos tanto da praxe que quando saíamos sozinhos nos praxávamos uns ao outros :D Quando foi a minha vez de praxar tentei estar à altura das pessoas que me praxaram a mim, mas confesso que achei que praxar não era de todo tão divertido como ser praxada :) 

Porque é que eu vos estou a contar isto? Porque hoje é a Noite de Santana na minha Faculdade, e pelo sexto ano consecutivo eu vou lá estar. E podem crer que vou praxar - afinal, é o meu ultimo ano na Faculdade :) 

Convido quem quiser assistir ou simplesmente conviver ou beber um copo a aparecer no Campo de Santana (também conhecido como Campo dos Mártires da Pátria). Venham assistir a uma praxe bem feita: sem humilhação e com muita diversão :) Se não puderem vir podem sempre partilhar comigo ideias giras e divertidas para praxar caloiros :D Amanhã conto-vos o que andei a fazer :)

A minha terceira casa :D
Ontem passei o dia a: 

* Fazer uma caminhada de duas horas com o P. até à loja dos emblemas (não foi uma ideia brilhante porque estava um calor de ananáses!);

Lisboa também tem sítios bem verdinhos :)

* Cozer emblemas na minha capa; 

* Dormir uma bela sesta;

* Brincar com os nossos porquinhos;

Estão um bocadinho assustados ainda, mas são as coisinhas mais fofinhas :D
PIP no meu colo a comer couve :D
* Matar saudades da nossa comida boa :D 

Esparguete à bolonhesa para o almoço :D
Com azeitonas e couves-de-bruxelas :D
E como este post já vai bem longo termino aqui com a continuação da reportagem sobre a minha viagem à China :D 

No sétimo lugar do meu top da China estão os espectáculos a que assisti: o espectáculo acrobático em Pequim e a Ópera em Chengdu.

Eu nunca fui ao circo e nunca tinha visto um espectáculo acrobático. Assistimos a um espectáculo acrobático na nossa primeira noite em Pequim e fiquei maluca de entusiasmo. Eu batia palmas com tanta força que o meu pai ainda hoje goza comigo, com direito a uma imitação parvinha e tudo :)



Acrobata lá em cima :D


Equilibrismo com cadeiras :D


Malabarismos com chapéus :D Foi a minha actuação preferida :D







Equilibrismo com guarda-chuvas :D
  
 
Esta actuação também foi fantástica! :D
Eles quase voavam :D







Equilibrismo em bicicleta :D


A roda da morte :)
Com três motas lá dentro, e no fim ficaram cinco! :D
Eu delirei com este espectáculo, e não fui a única :D A título de curiosidade, nós reparámos que os chineses têm o hábito de dizer 'uaaaaa' quando estão maravilhados :) Era muito engraçado, porque sempre que se via alguma coisa fantástica paralelamente ouvia-se um grande sussurro colectivo :D

Na nossa segunda noite em Chengdu fomos à ópera chinesa. A ópera tradicional chinesa tem partes de ópera tradicional, acrobacias, comédia e magia. Foi muito interessante, e o tempo passou a voar :)
 
Teatro :D



Ópera :)
Era em chinês, mas eu percebi que eles eram casados :)
Sombras com as mãos :D

Equilibrismo com tigela com óleo a ferver :D
Equilibrismo com panos :)




Danças :D



Esta parte do espectáculo foi verdadeiramente fantástica. Havia várias personagens com máscaras, e depois através de magia as máscaras mudavam :D Eu tentei perceber o truque com as fotos, mas acho que na verdade eles só são extremamente rápidos :D

 
Reparem que a máscara da cara dele mudou!
Eu fiz batota e pus a máquina fotográfica a disparar duas vezes por segundo :D





Mas mesmo assim não consegui perceber :D
Este espectáculo foi muito divertido :D 

Se tiverem alguma pergunta estejam à vontade, eu prometo que respondo a tudo o que quiserem saber :D

Até amanhã :D

27 comentários:

  1. Quantos às praxes,nem mais nem menos... Não tem graça nenhuma praxar, mas ser praxada é o melhor ano da faculdade! É mesmo verdade. Porque se nos mandam olhar para o chão só nos mostram que no mundo do trabalho vamos ter que muitas vezes ouvir, calar e engolir muitos sapos, mostram-nos que as hierarquias são para cumprir! Para mim praxe significa entreajuda, ensinamentos para vida e amigos...

    Nem comento mais nada da tua viagem à china porque só posso dizer: inveja, muita inveja da boa!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Eu também adorei ser praxada e quando foi a minha vez de praxar não me senti à vontade para o fazer. Ficava sempre a conversar com os caloiros e não conseguia fazer "maldades" ;)

    ResponderEliminar
  3. Agora fiquei com uma vontadinha de praxar! Mas tenho de esperar até segunda-feira para isso... eu também adoro a praxe, adorei ser praxada e adoro praxar! :)

    Os teus porquinhos são a coisa mais fofa ahah

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  4. Não posso dizer o mesmo da minha praxe. Teve dias engraçados e divertidos, mas outros que eram uma seca descomunal. Acho que os meus doutores (tirando um ou outro) não sabiam o que era praxar e acabei por não viver a praxe da mesma forma que tu.

    ResponderEliminar
  5. Ola!
    aqui no Brasil, as praxes sao chamadas de "trotes" e sao bem diferentes do que acontece aí...aqui o pessoal é meio sem noção e os trotes ate chegaram a ser proibidos pois uma vez um estudante chegou a morrer...quem dera se aqui fosse igual aí em relação a isso...

    os porquinhos da india sao lindos!!!!

    e esses espetaculos que vcs assistiram devem mesmo ter sido fantasticos!!!!

    bjos

    ResponderEliminar
  6. Tens toda a razão quando dizes que os anos de faculdade são os melhores, e a mim ainda me faltam dois =D
    Que porquinhos tão lindos e fofinhos =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá Joana!
    Eu também gostei da minha praxe. Foi divertida e acima de tudo deu para nos conhecermos todos. E gostei mais de ser praxada do que de praxar, não tenho muito jeito para "mandar" nos outros.
    OS espectáculos devem ter sido demais!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Olá novamente =)
    Sim eu disse à médica que os cremes não davam muito resultado, que realmente faziam melhorar mas o problema continuava, ou seja, não passava.
    Ela disse que iamos experimentar estes, mas que os cremes nem sempre fazem o resultado que nós queremos, mas ajudam a não avançar o problema, etc. Disse-me que em último caso faziamos um tratamento a laser, mas eu acho que isso não é o mais indicado para mim.
    Eu tenho bastantes borbulhinas na cara, não é aquelas borbulhas de acne, é borbulhas muito pequeninas, quase como de alergia, e ao fim do dia tenho a pele super oleosa.
    Vamos lá ver se estes produtos resultam, espero que sim =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá Joaninha!! :)
    Que saudades!
    Adorei este teus post, principalmente a parte da universidade. Fizeste-me ter saudades da minha...

    Tens razão, tenho mesmo que mudar de emprego. Sinto cada vez mais dores e se que chega a um ponto em que não há grande retorno.
    Hoje vou fazer a eletromiografia.

    Beijinhos grandes :)

    ResponderEliminar
  10. Joana,
    aqui no Brasil, os paxes (trotes) são bem pesados, fazem cada bobeira e as vezes levam até a morte.
    Espero que vc seja bem feliz nesta nova etapa da sua vida!
    Amei as fotos, todas lindas!

    Beijos e ótimo fds!

    ResponderEliminar
  11. ehehhehe ... esses espetaculos parecem ser "uaaaaa" mesmo!! =) e entao assim ao vivo e la..devem ser ainda mais!!! =D ****

    ResponderEliminar
  12. Eu só tenho uma coisa a dizer depois de ver essas imagens "uaaaaaa" =P
    As praxes na tua faculdade devem ser muito boas...Aqui em baixo eles abusam um bocado, por isso é que não gosto nada das praxes...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Pelo que li, parece-me que as praxes por aí são muito engraçadas :)
    Os chineses são os mestres em acrobacias, fiquei maravilhada com as fotos :)

    ResponderEliminar
  14. Eu também gostei muito das minhas praxes.
    E acho as porquinhas lindas. E acho que fazes muito bem em aproveitar tudinho o que tens direito ;)

    "Antes", quando jantavas torradas, eras na Joana de antes? :P

    ResponderEliminar
  15. Nós ao Domingo (E à sexta, e vá, quando estamos muito cansados) jantamos coisas :P Não é só no porto :D

    ResponderEliminar
  16. Sou contra as praxes humilhantes mas a favor das que tem como objetivo a integração como acontece na tua faculdade.
    Os chineses são eximios em acrobacias!!bom fim de semana, bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa bolonhesa tem um ar divinal, azeitonas e couves de bruxelas devem ficar mesmo bem. :)

      Quanto à praxe, bom ver que a tua correu super bem.

      Eliminar
  17. Concordo contigo!!! Praxar não tem nada a ver com ser praxado!! Ser praxado rules!!! :DD

    ResponderEliminar
  18. A minha praxe começa segunda feira e mudo-me para o Porto domingo! Estou super curiosa!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  19. Apesar de não ter sido muito participativa na vida académica, também fui praxada e não foi nada humilhante como se ouve dizer por aí. Boas recordações. Os porquinhos são uma fofura. Beijo

    ResponderEliminar
  20. TENHO APRECIADO BASTANTE A TUA VIAGEM , ADOREI O ESPECTÁCULO.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  21. Eu não desgostei das minhas praxes. No 2º ano ainda praxei mas depois comecei a achar que a maioria era apenas de mto mau gosto e ordinárias. Sou a favor da praxe se for uma coisa engraçada e consentida (há sempre quem não queira participar e já vi pessoas serem praticamente enxovalhadas por se recusarem a fazer algo). Assim como referiste, da noite de santana, já gostei.

    Esse circo lembrou-me o cirque du soleil, todo colorido! Eu adoro espectáculos de sombras, uma vez vi toda uma peça de teatro em sombras, muito giro!

    Beijinhos e aproveita bem esta noite. Daqui a uns anos vais ficar nostálgica! :)



    ResponderEliminar
  22. Adorei o teu texto sobre a praxe e apoio tudo o que dizes. Não é humilhação e sim integração :)
    Blaaah não gosto de couves de bruxelas ahaha
    Os porquinhos da índia são lindos *-*
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  23. Estive uma semana ausente e pronto... já fui... tive de andar duas páginas para trás para ler tudo! É de facto um deleite vir aqui. A paixão que pões nas palavras dá-me vontade de ir À primeira agÊncia de viagens e partir! Simplesmente ir!!!
    Já o disse mas não me canso de repetir: Obrigado por esta partilha.
    Ai universidade, universidade... saudades!!!! eheheheh

    ResponderEliminar
  24. Joana, através da leitura de alguns posts percebi que vais de metro para a faculdade. A zona (intendente) não é perigosa para fazer sozinha o percurso da saída do metro até à faculdade, que ainda é longo? Gosto bastante dessa faculdade, mas a sua localização é algo que me deixa hesitante na sua escolha.

    ResponderEliminar
  25. Joana, através da leitura de alguns posts percebi que vais de metro para a faculdade. A zona (intendente) não é perigosa para fazer sozinha o percurso da saída do metro até à faculdade, que ainda é longo? Gosto bastante dessa faculdade, mas a sua localização é algo que me deixa hesitante na sua escolha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!

      Na verdade eu já não vou de metro para a Faculdade, porque a partir do terceiro ano andamos sempre nos hospitais :) Mas nos primeiros anos ia de metro sim ;) A estação de metro mais perto é o Martim Moniz porque dá para atalhar por dentro do Hospital de São José. Nunca tive o mínimo problema, inclusivamente à noite, e nunca ouvi falar de quem tenha tido algum problema no caminho para o metro. Por outro lado, conheço duas pessoas a quem o carro já foi assaltado perto da Faculdade, por isso até arrisco a dizer que é mais seguro ir de metro mesmo ;)

      A localização da Faculdade é de facto um bocadinho má, principalmente tendo em conta que depois estagias em hospitais como o Egas Moniz ou o São Francisco Xavier, que ficam bastante longe se não tiveres carro. No entanto é uma Faculdade com um ambiente fantástico ;)

      Se preferires envia-me um mail: odiariodajoana@hotmail.com e eu esclareço todas as tuas dúvidas :D

      Beijinhos! :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />